Brasília – A expectativa da Receita Federal é a de receber este ano cerca de 24,5 milhões de declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) de 2008.

No ano passado, segundo o supervisor Nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir, o número de declarações foi de aproximadamente 23,5 milhões. Quem recebeu rendimento anual tributável acima de R$15.764,28 em 2007 é obrigado a apresentar informações à Receita.

Para que não haja empecilho no envio de dados, Adir recomenda que contribuintes procedam de forma organizada. "A Receita tem procurado de todas as formas auxiliar o contribuinte na hora da declaração. Uma delas é que ele guarde a declaração de um ano para fazer a importação de um dado para o outro ano. O contribuinte organizado, que está usando os recursos da informática que a Receita passa, não terá nenhuma dificuldade. Nós diríamos então que alguns menos avisados, ou quem sabe desorganizados, que inclusive perderam cópias da declaração do ano anterior, poderão ter alguma dificuldade".

O prazo para entrega das declarações vai de 3 de março a 30 de abril. A data inicial para restituições, no entanto, ainda não foi estabelecida.

?A princípio, a restituição deve manter o calendário dos anos anteriores. Ainda não está definido, mas 15 de junho deve começar a restituição?, disse Adir.

Entre as deduções legais previstas pela Receita, estão as contribuições à previdência pública ou privada, despesas médicas ou educacionais e pagamento de pensão alimentícia por determinação judicial.