As grandes redes varejistas estão investindo na ampliação do portfólio de produtos de marca própria. O objetivo é elevar a participação desse segmento no faturamento total do setor supermercadista. Levantamento da Abras (Associação Brasileira de Supermercados) mostrou que a receita com a venda de produtos de marca própria representou 4,6% das vendas totais do setor no ano passado. Mas as grandes redes se preparam para dobrar essa participação no médio e longo prazo.

Para isso, estão investindo no lançamento de novos produtos de marca própria – caso do grupo Pão de Açúcar e Wal-Mart. Ou reformulando a identidade visual de sua linha de marca própria, como o Carrefour.

As novas embalagens dos produtos de marca própria do Carrefour começaram a chegar neste mês às gôndolas. Cerca de 500 produtos já participaram da mudança. Até o segundo semestre, os demais itens passarão pela reformulação de visual.

As vendas dos produtos de marca própria do Carrefour cresceram 40% em relação ao mesmo período do ano passado. Nesse período, abocanharam 10% do total das vendas de alimentícios do grupo.

Já o Wal-Mart Brasil está investindo no lançamento de 605 itens de marca própria até o final deste ano. O maior número de lançamento se concentra nas categorias de produtos perecíveis, com pratos semiprontos e produtos congelados.

Também estão previstos o lançamento de pasta de dente, itens diet e light, além de produtos considerados ?inéditos?, como absorventes e fraldas descartáveis.

A expectativa da rede Wal-Mart é aumentar em cerca de 30% as vendas dos produtos de marca própria.

Neste mês, o Pão de Açúcar anunciou a inauguração de um centro de inovação dentro do segmento de marcas próprias. O centro vai dar suporte e ampliar as estratégias de diferenciação e lançamento de produtos.

Com o centro, o grupo quer ampliar a participação dos produtos de marca própria no faturamento dos segmentos em que a categoria está presente. A meta da companhia é elevar para 15% a participação desse segmento até 2006.

Hoje, participação de itens de marca própria dentro das categorias em que está presente chega a 15% no Comprebem, 12% no Extra, 11% nas Sendas e 10% no Pão de Açúcar.

Com a abertura do centro de inovação, mais 300 novos produtos de marca própria devem chegar às gôndolas dos supermercados do grupo. No ano passado, foram lançados mais de 560 produtos, totalizando 3.800 itens.