Pecuarista, comerciantes e consumidores de carne da Região Central participam hoje de um seminário sobre o programa Pecuária de Curta Duração (PCD). O programa, executado pela Emater, tem como objetivo a produção de carne de alta qualidade, com maior agregação de renda ao produtor e mais segurança ao consumidor. O encontro acontece em Pitanga, no Centro Cultural do município. São esperadas 200 pessoas. A promoção é da Associação dos Bovinocultores de Pitanga.
A Região Central do Paraná possui um rebanho bovino de corte de 707,5 mil cabeças. Predomina a criação de bezerros. Muitos produtores, porém, estão fazendo a recria e terminação. ?Os criadores estão organizados e em busca de inovações, como o programa Pecuária de Curta Duração, que permite produzir animais de acordo com as exigências do mercado em relação à qualidade e rastreabilidade da carne?, diz o médico veterinário Aparecido Passarelli, da Emater.
O programa Pecuária de Curta Duração, criado pela Emater em 1996, é baseado em altos níveis de produtividade. Pelo projeto, os pecuaristas criaM novilhos superprecoces (abatidos com idade entre 14 e 16 meses) e precoces (abatidos com idade de até 24 meses), tendo como foco principal a produção de carne de alta qualidade, mais macia, suculenta e saborosa. Os pecuaristas investem em melhorias nas etapas de alimentação, manejo, sanidade, instalações, melhoramento genético e gestão da propriedade – controle de custos e rendimento da produção.
?Outro fator importante é saber comercializar?, afirma Luiz Fernando Brondani, zootecnista da Emater, responsável pelo projeto. Ele lembra que o programa proporciona um ganho maior para o criador. Se o pecuaristas fizer o abate, retalhar a carne na sala de desossa e ainda tiver um ponto de venda direta ao consumidor, pode conseguir um ganho até 100% maior. Para atender o mercado e ter um rendimento bom e equilibrado, o abate precisa ser escalonado, tendo carne para ser comercializada o ano inteiro. ?Buscar nichos de mercado é outra forma de garantir o sucesso do negócio?, acrescenta Brondani.
Fórum
O seminário sobre o programa Pecuária de Curta Duração faz parte da programação que antecede o Fórum de Desenvolvimento do Paraná Centro, marcado para 10 de julho, também em Pitanga. O centro do Estado não existe na divisão política do Paraná. A idéia dos organizadores do fórum é criar uma identidade para a região. Mais de 340 pessoas devem participar do encontro, entre prefeitos, vereadores, secretários municipais, representantes de ONGs e professores dos 17 municípios da região.