A Junta Comercial do Paraná registrou, no primeiro semestre deste ano, um aumento de 9,03% na sua movimentação de atendimentos e serviços, o que -segundo o governo do Estado -reflete o bom momento econômico do Estado, mantendo o ritmo na criação de empresas, sobretudo com a inscrição dos microempreendedores individuais, que visa tirar da informalidade um expressivo número de pequenos empresários, anunciou Júlio Maito Filho, presidente da entidade.

Foram registradas no primeiro semestre 27.313 novas empresas no Paraná, número inferior às 28.207 criadas no mesmo período no ano passado. No entanto, foram registrados 16.414 novos empreendimentos de micro empreendedores, que totalizam 43.727 registros.

Esta nova modalidade disponível principalmente àqueles que trabalham individualmente e com apenas 1 empregado, fez com que houvesse uma migração para esta nova opção, reduzindo em torno de 3% a abertura de novos negócios nas modalidades ofertadas no ano passado.

Do total de novas empresas no semestre, 86% se enquadraram na condição de micro ou pequenas empresas, e a maioria delas, cerca de 63%, localizam-se no interior do Estado, espalhadas em todas as regiões, sendo que Curitiba e Região metropolitana representam 37% deste total.

Computadas as cidades-pólos com suas regiões metropolitanas ou municípios próximos, a distribuição de novas empresas no interior, no primeiro semestre de 2010, apresentaram os seguintes números: Maringá com 1.964 novas empresas, Londrina com 1.953, Ponta Grossa com 1.508, Cascavel com 1.116 e Umuarama com 725.

Os microempreendedores individuais atingiram no Paraná, desde sua implantação em setembro de 2009 até 30 de junho deste ano, o total de 24.604 inscrições, das quais 16.414 apenas no primeiro semestre.

Os destaques do ramo de atividade escolhido por esses empreendedores são: comércio varejista de roupas, com 9,63% do total, cabeleireiros (7,3%), comércio varejista de produtos alimentícios (3,18%) e bares e serviços com bebidas (3,12%).

As cidades de maior número de registros de MEI, por ordem, são Curitiba, Londrina, Foz do Iguaçu, Cascavel, Maringá, Ponta Grossa, São José dos Pinhais, Toledo, Apucarana e Paranaguá. Existem registros em 380 municípios do Estado, de um total de 399.

Toda a movimentação estatística da Junta Comercial do Paraná encontra-se disponível em seu site oficial (www.juntacomercial.pr.gov.br) em “Relatórios Estatísticos” e no ícone “Agências Regionais” a movimentação individualizada de suas unidades em todo o Estado.