O presidente da Comissão Reguladora Bancária da China (CBRC, na sigla em inglês), Shang Fulin, afastou os temores de riscos no sistema financeiro do país. “Os riscos se acumularam à medida que os bancos chineses se desenvolveram rapidamente nos últimos anos, mas esses riscos são, em geral, gerenciáveis”, afirmou. Em coletiva de imprensa, Shang declarou que as instituições possuem “amplas” reservas contra empréstimos inadimplentes.

Os últimos dados do banco central mostraram que o crescimento total de crédito na China desacelerou dramaticamente em fevereiro por causa de preocupações com calotes. Fonte: Dow Jones Newswires.