O chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Altamir Lopes, disse que a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB em novembro, de 42,6%, é o menor número desde dezembro de 1998, quando o indicador ficou em 38,9%.

Ele explicou que a queda desse indicador na comparação com outubro (43,2%) reflete a revisão do cálculo do PIB feita após a divulgação dos dados do terceiro trimestre e já inclui a projeção de crescimento da economia de 5,2% para 2007, como anunciado ontem no Relatório Trimestral de Inflação do Banco Central. Até então, a projeção para o crescimento do PIB no ano era de 4,7%.