O governador Beto Richa e o presidente mundial do Grupo Renault, Carlos Ghosn, anunciaram nesta quinta-feira (17/04), em Curitiba, novos investimentos da montadora francesa no Paraná. A empresa vai investir R$ 500 milhões no desenvolvimento e produção de dois novos veículos no Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais.

O projeto da companhia foi enquadrado no programa de incentivos Paraná Competitivo, que já contabiliza R$ 30 bilhões em investimentos atraídos para o Estado em três anos. “Trabalhamos para resgatar a confiança dos investidores e conseguimos. O resultado está nos números”, disse o governador Beto Richa.

O presidente mundial da Renault disse que a meta da montadora é elevar a participação da montadora de 6,7%, atualmente, para 8% do mercado nacional até 2016. “Para crescermos, precisamos de base industrial competitiva e não existe isso, em nenhum lugar no mundo, sem a parceria da empresa com os governos locais”, destacou.

Carlos Ghosn afirmou que os investimentos de R$ 1,5 bilhão anunciados para o ciclo 2010-2015 já foram concluídos. “Desde 2011 o Brasil é segundo maior mercado da marca depois da França e está entre as prioridades estratégicas de crescimento mundial do grupo”, destacou. Ele informou ainda que a montadora deve apresentar em breve os novos modelos que serão fabricados no Paraná. “Pensamos no longo prazo e nossa visão é para 10 ou 15 anos”, disse.