O início efetivo do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) ocorreu na manhã desta quarta-feira, 16, com a assinatura dos contratos de renovação por mais 25 anos dos contratos de arrendamento de dois terminais portuários. “Estamos aqui para dizer que o programa começou”, afirmou o secretário executivo do PPI, Wellington Moreira Franco.

Os contratos vão movimentar investimentos adicionais de R$ 850 milhões, segundo informou o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella Lessa.

Um dos empreendimentos é o terminal de contêineres de Salvador, cujo contrato terminaria em 2025 e agora irá até 2050, com investimentos adicionais de R$ 715 milhões. As novas obras vão ampliar a capacidade do terminal em 75%.

O outro contrato prorrogado é o do terminal de fertilizantes do porto de Paranaguá (PR), que ia até 2023 e agora irá até 2048, com investimentos de R$ 134,5 milhões. Somados aos investimentos referentes ao contrato ainda em vigor, os dois terminais movimentarão R$ 1,2 bilhão.