O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, disse hoje, ao deixar nesta tarde uma reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que a questão sobre o adiamento ou não do leilão do Trem de Alta Velocidade (TAV) ainda está sendo avaliada pelo governo. Ao ser questionado se já havia uma decisão sobre o assunto, Passos limitou-se a dizer: “Estamos avaliando. Não posso dizer mais nada”.

As empresas pressionam o governo para adiar o cronograma do leilão do trem-bala, que tem marcado para segunda-feira (29) como data para entrega das propostas e o dia 16 de dezembro para o leilão.

Participaram da reunião com Lula sobre o projeto do trem-bala, além de Passos, os ministros da Fazenda, Guido Mantega; da Casa Civil, Carlos Eduardo Esteves Lima; e o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Bernardo Figueiredo. A reunião durou uma hora, mas ao final não houve nenhum pronunciamento.