O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, se referiu ontem ao titular do Planejamento, Guido Mantega, como um “grande companheiro de trabalho”, durante seminário sobre agronegócios realizado em São Paulo.

Mais uma vez, Rodrigues negou que tenha chamado Mantega de “vagabundo”. Na última sexta-feira, segundo o relato de 30 parlamentares da bancada do Nordeste, o ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, chamou seu colega de “vagabundo”. A informação foi publicada pelo jornal O Globo. No dia seguinte, Rodrigues divulgou nota desmentindo o fato.

Ontem, reafirmou que considera o “assunto mais do que esgotado”. “Eu venho do setor privado, que tem mais agilidade. Então, às vezes, fico angustiado com as dificuldades de avançar mais rapidamente”, disse.