O ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, que lançou na manhã desta segunda-feira, 26, o Plano Safra da Agricultura Familiar 2014/15, no Palácio do Planalto, anunciou junto com o pacote uma linha especial de crédito para atender o semiárido nordestino no valor de R$ 4,6 bilhões. A medida, chamada internamente pelo governo como “plano safra do semiárido”, terá juros menores que as demais regiões.

O ministro destacou a medida como uma forma de incentivar a produção agrícola na região. “Queremos apoiar a retomada da produção dos agricultores no Nordeste, fazer com que o semiárido volte a ser uma região produtora”, disse.