A produção nacional de grãos em 2012/13 deve alcançar recorde de 180,41 milhões de toneladas, o que corresponde a um crescimento de 8,6% (ou mais 14,23 milhões de t) em comparação com o período anterior, que foi de 166,17 milhões de t. O resultado faz parte do quarto levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgado nesta quarta-feira.

De acordo com a Conab, a situação atual das lavouras é de desenvolvimento e floração. Nesse sentido, a normalização das chuvas e o bom comportamento climático são fundamentais para a manutenção do desenvolvimento das culturas.

A soja se destaca como o produto de maior produção, com um aumento de 16,28 milhões de t, devendo alcançar 82,68 milhões de t. Já o milho primeira safra cresce 863,5 mil t, para 34,73 milhões de t.

A área cultivada em 2012/13 é de 52,01 milhões de hectares, registrando um aumento de 2,2% ou 1,13 milhão de hectares se comparado à safra anterior. A área da soja é também a maior e apresentou um crescimento de 9,2% ou 2,31 milhões de hectares ante o período 2011/2012, quando foram cultivados 25,04 milhões de hectares.