Os agricultores brasileiros devem colher este ano uma safra maior de 13 dos 26 principais produtos que integram o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira, 10.

Os itens com previsão de crescimento na produção são amendoim em casca 1ª safra (19,4%), aveia em grão (1,7%), batata-inglesa 1ª safra (2,3%), batata-inglesa 2ª safra (5,1%), cacau em amêndoa (3,3%), café em grão arábica (18,4%), cevada em grão (16,3%), feijão em grão 1ª safra (7,6%), feijão em grão 2ª safra (5,0%), mamona em baga (13,4%), soja em grão (1,3%), trigo em grão (4,7%) e triticale em grão (9,2%).

Na direção oposta, o produtor deve registrar perdas na colheita de algodão herbáceo em caroço (-11,5%), amendoim em casca 2ª safra (-0,3%), arroz em casca (-7,6%), batata-inglesa 3ª safra (-25,1%), café em grão robusta (-3,6%), cana-de-açúcar (-2,7%), cebola (-2,5%), feijão em grão 3ª safra (-18,9%), laranja (-2,7%), mandioca (-1,6%), milho em grão 1ª safra (-5,5%), milho em grão 2ª safra (-4,8%) e sorgo em grão (-9,6%).