O fluxo cambial do ano até a última sexta-feira, 11 de novembro, está no vermelho em US$ 6,052 bilhões, informou nesta quarta-feira, 16, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 8,815 bilhões.

A retirada líquida de dólares pelo canal financeiro neste ano até 11 de novembro foi de US$ 44,570 bilhões. Esse resultado é fruto de entradas no valor de US$ 379,034 bilhões e de envios no total de US$ 423,604 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

Já no comércio exterior, o saldo anual acumulado ficou positivo em US$ 38,518 bilhões, com importações de US$ 108,033 bilhões e exportações de US$ 146,551 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 26,243 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 40,908 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 79,400 bilhões em outras entradas.

Novembro

Depois de registrar uma entrada líquida de US$ 8,784 bilhões em outubro, o fluxo cambial brasileiro continua positivo em novembro, mas o saldo diminuiu para US$ 924 milhões até o dia 11, informou o Banco Central.

Pelo canal financeiro, nas duas primeiras semanas de novembro, houve saída líquida de US$ 1,969 bilhão, resultado de entradas no valor de US$ 12,450 bilhões e de retiradas no total de US$ 14,419 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações, incluindo a própria repatriação de recursos.

Já no comércio exterior, o saldo até o dia 11 de novembro ficou positivo em US$ 2,893 bilhões, com importações de US$ 3,706 bilhões e exportações de US$ 6,599 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 1,051 bilhão em ACC, US$ 1,818 bilhão em PA e US$ 3,729 bilhões em outras entradas.

Semana

O fluxo cambial da semana passada (de 7 a 11 de novembro) ficou positivo em US$ 1,258 bilhão, informou o Banco Central. Houve entrada líquida de recursos do País em quatro dos cinco dias da semana, com destaque para o dia 10, quando o fluxo foi positivo em US$ 1,616 bilhão.

A retirada líquida de dólares pelo canal financeiro na semana passada foi de US$ 842 milhões, resultado de entradas no valor de US$ 7,795 bilhões e de envios no total de US$ 8,638 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 2,101 bilhões no período, com importações de US$ 2,255 bilhões e exportações de US$ 4,356 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 743 milhões em ACC, US$ 1,356 bilhão em PA e US$ 2,256 bilhões em outras entradas.