O ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schaeuble, disse nesta segunda-feira estar convencido de que o Fundo Monetário Internacional (FMI) acabará participando do terceiro pacote de ajuda à Grécia, enquanto fazia campanha pelo apoio ao plano de resgate a Atenas antes de uma crucial votação no Parlamento alemão sobre o assunto, na quarta-feira.

O FMI sempre tomou suas próprias decisões para apoiar os esforços europeus em pacotes de ajuda à Grécia desde 2010, disse o ministro em entrevista à emissora pública alemã ZDF. “Eu estou muito convencido de que o FMI participará neste programa, já que declaramos que isso é indispensável”, afirmou Schaeuble.

As declarações foram dadas antes da votação da quarta-feira na Câmara dos Deputados. Vários parlamentares mostraram-se preocupados com o fato de que o FMI ainda não garantiu sua participação no pacote, já que o Fundo disse que a Grécia necessita de um amplo alívio em sua dívida, que os governos europeus não se mostram dispostos a aceitar.

“Eu estou totalmente convencido de que a decisão certa é votar a favor [do pacote], particularmente porque eu mesmo não tomei essa decisão facilmente”, afirmou o ministro. Ele disse entender as reservas de alguns parlamentares, mas garantiu acreditar que, levando-se em conta todos os aspectos, “é a decisão correta”. De acordo com Schaeuble, com o pacote a Grécia “terá então uma chance real” de superar a crise.

Schaeuble disse que a saída da Grécia da zona do euro não é algo que cabe aos demais países da moeda comum. Segundo ele, é necessário que o povo grego decida passar pelos duros ajustes necessários “para permanecer no euro”. “Isso cabe somente à Grécia.”

O ministro afirmou também que há certo espaço para ajudar a melhorar um pouco os termos da dívida da Grécia, apontando para o vencimento dos empréstimos de ajuda, que atualmente são de pouco mais de 30 anos. A Alemanha já se disse disposta a discutir taxas de juros menores e prazo maior para Atenas, caso o programa de ajuste seja adotado pelos gregos. Fonte: Dow Jones Newswires.