A Comissão de Serviços de Infra-Estrutura, no Senado, aprovou nesta quarta-feira (20), por 13 votos a 5, a indicação de Emília Ribeiro, funcionária da presidência da Casa, para o cargo de diretora da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Atualmente, a agência reguladora conta com quatro diretores, número insuficiente para a realização de votações importantes por causa do risco de empate. A aprovação da indicação de Emília permitirá que a Anatel vote assuntos como a proposta de revisão do Plano Geral de Outorgas (PGO) do setor de telecomunicações. A aprovação da revisão do PGO permite a concretização da compra da Brasil Telecom pela Oi.