O Senai Paraná está dando mais um passo no projeto que visa trazer ao Brasil o sistema europeu Wood Frame para a construção de casas ecológicas, a partir de paineis de madeira reflorestada. A entidade firmou parceria com a empresa alemã Weinmann, produtora das máquinas usadas na tecnologia e, a partir de junho, terá em funcionamento um centro de treinamento de profissionais para operarem os equipamentos.

“Nosso objetivo é criar a cultura da construção de casas sustentáveis aqui no Brasil e para isso precisamos de profissionais que saibam operar os equipamentos”, explicou o gerente de tecnologia industrial do Senai Paraná, Reinaldo Tockus. O centro funcionará em Curitiba, na unidade do Senai Boqueirão, e os alunos serão treinados nos maquinários da Weinmann, que implantou uma unidade de produção na capital paranaense.

A nova tecnologia chegou ao Brasil por meio do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), através de uma parceria entre o Senai Paraná e o Ministério da Economia de Baden-Würtemberg, da Alemanha. O projeto também conta com o apoio do Senai Nacional, das federações das indústrias do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, universidades, órgãos públicos e de mais seis estados brasileiros.

“Toda pessoa que entenda de construção civil fica impressionada com a inovação desse projeto, pois ele traz agilidade, flexibilidade e sustentabilidade para a construção de casas”, cita Tockus. Segundo ele, as vantagens se estendem para a economia. “A partir do momento que criarmos um mercado permanente para essa tecnologia, quem ganhará também será a indústria de base florestal, que depende muito do mercado externo”, completa. “Tendo um mercado próprio podemos nos blindar de crises mundiais”.

Para disseminar a tecnologia, o Senai Paraná fará em outubro simpósios sobre construção de casas sustentáveis. As capitais do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rio de Janeiro e Paraná sediarão os eventos.

Empresários cariocas conhecem projeto

Aproveitando a realização da Olimpíada do Conhecimento no Rio de Janeiro, na qual o Paraná está com 40 alunos competindo, o Senai fez um workshop sobre o projeto de casas sustentáveis para cerca de 30 empresários cariocas da construção civil. O diretor regional do Senai Paraná, João Barreto Lopes, fez a abertura da apresentação. Ele destacou que o objetivo é multiplicar a nova tecnologia: “Vamos criar ondas em todos os estados para que os interessados em participar do projeto tenham acesso”, disse Barreto. “É algo inédito, de vanguarda para o empresário industrial brasileiro”.