A atividade comercial de varejo no País cresceu 1,7% em junho, aponta o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio, divulgado hoje. Essa é a melhor marca do primeiro semestre de 2009 e a quinta alta mensal consecutiva do índice, calculado com base nas consultas de cerca de 6 mil empresas à base de dados da Serasa.

As lojas que mais venderam em junho, desconsiderados fatores sazonais, foram as de tecidos, vestuário, calçados e acessórios (alta de 5,1%), de móveis, eletroeletrônicos e informática (alta de 3,9%) e de veículos, motos e peças (alta de 2,7%). Os especialistas da Serasa atribuem o desempenho à redução de impostos por parte do governo e à recuperação da oferta de crédito.

O setor de materiais de construção mostrou em junho sinais de recuperação, com alta de 1,1%. As vendas desse segmento sofreram retração no primeiro semestre e fecharam o período com queda acumulada de 11,7%. No acumulado do semestre, o comércio em geral teve crescimento de 3,8%, liderado pelos setores de móveis, eletroeletrônicos e informática (alta de 8,9%) e veículos, motos e peças (alta de 3,6%).