A receita do setor de serviços registrou queda real – descontada a inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) – de 6,6% em janeiro. Os cálculos foram feitos pelo economista Rafael Bacciotti, da Tendências Consultoria Integrada, e enviados ao Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado. Em dezembro, a receita do segmento, descontada a inflação, recuou 4%, conforme o economista.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou hoje que a receita bruta nominal de serviços cresceu 1,6% no primeiro mês deste ano ante janeiro de 2014. Conforme o IBGE, o resultado é o pior da série histórica, iniciada em 2012. Em dezembro a alta fora de 4,2%.