A Federação dos Bancários ligada a CUT/PR (Fetec/CUT/PR) fez ontem uma manifestação no centro da cidade criticando os bancos. Segundo o presidente da Fetec, Adilson Stuzata, os afro-descendentes respondem por apenas 1,5% dos funcionários, sendo que os negros representam mais de 20% da população do Estado. Para ele os dados revelam que está havendo discriminação na contratação de bancários.

A pesquisa foi feita em novembro do ano passado na região de Curitiba e mais 43 municípios do interior do Estado. Dos 6.198 funcionários, apenas 93 são afro-descendentes. Além disso, o sindicato também recebeu reclamações de várias pessoas que passaram em todas as fases de entrevistas e testes, tinham a mesma qualificação, mas não foram contratados.

O sindicato quer mudar este quadro e ontem organizou uma manifestação no centro da cidade, colocando faixas nas agências bancárias com a frase ?Este banco não emprega Afro-descendentes?. Um carro de som foi utilizado para esclarecer a população e dois mil panfletos foram distribuídos.

A manifestação encerrou as atividades que começaram no dia 20 de novembro de 2005, quando o sindicato iniciou uma campanha para recolher currículos e entregá-los para as agências. Este é o terceiro ano em que o trabalho é feito e agora começa a apresentar resultados. O sindicato já foi procurado por dois grandes bancos e Adilson espera que o número de contratações aumente. Nas campanhas anteriores, de 200 currículos apenas três conseguiram uma vaga. De novembro até agora 70 currículos foram arrecadados e vão ser distribuídos no dia 2 de março.

Ele destaca ainda que a discriminação já foi constatada até pelo Ministério Público do Trabalho. Em Brasília, entraram na Justiça pedindo providências e o resultado da ação valerá para todo o País. ?Estamos colocando o debate para toda a sociedade?, disse Adilson. Quem quiser mandar o currículo para a Fetec pode enviar para stuzata@fetec.org.br ou usar o fax (41) 3322-9885.