O cancelamento de registros de inadimplência apresentou crescimento de 2,3% entre setembro e outubro. Os dados são do indicador de recuperação de crédito calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). De acordo com o SPC Brasil, o crescimento foi influenciado pelo recebimento antecipado da primeira parcela do 13º salário por aposentados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e por causa do Dia das Crianças.

No acumulado de 2013, o número de consumidores que saldaram dívidas em atraso também apresentou aumento: 2,4%. Por outro lado, em comparação entre outubro de 2013 e outubro de 2012, o número de consumidores que “limparam o nome” registrou baixa de 3,21%. O presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), Roque Pellizzaro Júnior, afirmou em nota que, “apesar da queda registrada em outubro na comparação com o mesmo mês do ano anterior, a estabilidade no mercado de trabalho e o aumento da massa salarial trazem um ambiente propício para que os consumidores consigam renegociar as dívidas e voltem a ter crédito no mercado”. Pellizzaro Júnior disse também que “a perspectiva é de que a recuperação de crédito volte a apresentar dados positivos no fim de ano, período em que mais clientes têm o desejo de voltar a consumir para o Natal.”