O superávit comercial do Japão aumentou 54% em setembro, para 797 bilhões de ienes (US$ 9,88 bilhões), em relação ao mesmo mês do ano passado. O resultado superou as expectativas dos economistas, de um superávit de 712 bilhões de ienes. As exportações japonesas aumentaram, devido em parte à demanda por automóveis na China e em outros países asiáticos, marcando o 10º mês consecutivo de crescimento. O aumento foi de 14,4% em relação a setembro do ano passado, para 5,843 trilhões de ienes, segundo o Ministério das Finanças.

O resultado das exportações superou a mediana das projeções dos economistas, que previam alta de 7,9%. Em agosto, o crescimento das exportações do Japão havia sido de 15,5% ante o mesmo mês do ano passado. As exportações para a China em setembro tiveram expansão de 10,3%, enquanto os embarques para todos os países asiáticos cresceram 14,3%, informou o ministério. As exportações para os EUA registraram expansão de 10,4%. Já as importações do Japão, de acordo com o Ministério das Finanças, cresceram 9,9% em setembro, para 5,046 trilhões. As informações são da Dow Jones.