Depois de um começo de ano com desempenho negativo (déficit de US$ 524 milhões em janeiro, segundo dados revisados), a balança comercial brasileira recuperou-se em fevereiro (superávit de US$ 1,767 bilhão) e o saldo acumulado no ano passou a ser superavitário em US$ 1,243 bilhão. Em 39 dias úteis acumulados até 28 de fevereiro, as exportações brasileiras somaram US$ 19,37 bilhões (média diária de US$ 496,7 milhões) e as importações, US$ 18,127 bilhões (média diária de US$ 464,8 milhões).

Apesar da melhora dos números, a média diária exportada no acumulado do ano é 21,9% menor que a registrada no mesmo período de 2008 (US$ 636 milhões). A retração também ocorreu na média diária das importações do período, que ficou 21,6% inferior à registrada nos dois primeiros meses do ano passado (US$ 592,8 milhões).

O saldo comercial acumulado no período de janeiro e fevereiro, de US$ 1,243 bilhão, também é 29,9% menor que o superávit de US$ 1,772 bilhão verificado nos dois primeiros meses de 2008.

O saldo comercial de janeiro foi corrigido pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Inicialmente, havia sido divulgado que o primeiro mês do ano tivera um déficit de US$ 518 milhões. No entanto, esse número foi alterado para um déficit de US$ 524 milhões. Segundo a assessoria de imprensa do MDIC, esses ajustes costumam ocorrer ao longo do ano. No caso do saldo de janeiro, a correção foi feita porque algumas transações de comércio exterior registradas inicialmente só em fevereiro, na verdade ocorreram em janeiro. Por isso, o aumento do déficit.