A balança comercial brasileira acumula, no ano, até o mês de julho, um superávit de US$ 16,913 bilhões. Segundo os dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), o resultado é 15,6% superior, em valores, ao registrado no mesmo período do ano passado, quando a balança acumulava superávit de US$ 14,630 bilhões.

As exportações nos primeiros sete meses do ano somam US$ 84,095 bilhões, com média diária de US$ 580 milhões. Pelo critério da média diária, o desempenho das exportações neste ano está 23,8% inferior ao verificado no mesmo período de 2008, quando a média diária das exportações era de US$ 760,9 milhões.

As importações somam US$ 67,182 bilhões no acumulado do ano, com média diária de US$ 463,3 milhões. Na comparação com a média diária verificada no mesmo período de 2008 (US$ 660,7 milhões), o desempenho das importações neste ano está 29,9% menor.

No acumulado de 12 meses, terminados em julho, o superávit comercial atingiu US$ 27,118 bilhões, com exportações de US$ 170,942 bilhões e importações de US$ 143,824 bilhões.

Julho

O saldo comercial registrado no mês de julho, um superávit de US$ 2,928 bilhões, é 12,04% inferior ao verificado no mesmo mês do ano passado, quando a balança comercial foi superavitária em US$ 3,329 bilhões. Além da queda no saldo, os dados divulgados hoje pelo MDIC mostram que houve uma queda na corrente de comércio (soma das exportações e importações) do mês de julho, que atingiu US$ 25,358 bilhões, de cerca de 32% em relação a julho de 2008, quando a corrente de comércio somou US$ 37,573 bilhões.

As exportações de julho deste ano totalizaram US$ 14,143 bilhões, com média diária de US$ 614,9 milhões, o que representa uma queda de 30,8% em relação ao desempenho médio diário registrado em julho do ano passado (US$ 889,2 milhões). Na comparação a junho deste ano, quando a média diária exportada foi de US$ 689 milhões, também há uma queda de 10,7%.

As importações somaram, em julho, US$ 11,215 bilhões, com média diária de US$ 487,6 milhões, resultado 34,5% inferior ao desempenho médio diário registrado em julho de 2008 (US$ 744,4 milhões). Na comparação com junho passado, no entanto, quando a média diária das importações foi de US$ 468,7 milhões, houve um aumento de 4%.