Gasolina a menos de R$ 2: até quando?

Na semana em que o Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis no Paraná (Sindicombustíveis-PR) lançou campanha contra a sonegação de impostos e a adulteração de combustíveis, inclusive com a demonstração da composição do preço do litro da gasolina através de banners, postos de Curitiba vêm reduzindo seus preços. Ontem era possível encontrar o litro da gasolina por R$ 1,89 em postos da Avenida Anita Garibaldi, nos bairros São Lourenço e Barreirinha. Os gerentes alegam que a queda se deve à concorrência.

“É um efeito dominó. Se um posto baixa o preço, os outros têm que acompanhar senão não vendem”, disse o gerente do Posto Ahú, Rogério Oliveira. Com notas fiscais da Petrobras, ele mostrou que comprou gasolina ontem por R$ 1,8471. O valor na bomba era de R$ 1,89, mas Oliveira já avisou que deve subir o preço. “Trabalhar com esse preço é impossível. A gente deve voltar para R$ 1,92”, comentou.

No Auto Posto Mocellin, na Barreirinha, o litro da gasolina também estava a R$ 1,89. Segundo o gerente Gilmar Donizetti, os clientes confiam no produto e não associam o baixo preço à possível adulteração ou sonegação de impostos. “O posto existe há 30 anos. Quem vem aqui confia”, disse. Segundo Donizetti, o posto compra gasolina da Esso pelo custo de R$ 1,80. “Se a gente não acompanha a concorrência é pior.” Ainda de acordo com o gerente, por ser ?bandeira branca? – o posto não está atrelado a distribuidora específica -, o combustível é vendido por um pouco menos.

Sindicombustíveis

Para o diretor regional do Sindicombustíveis, Marcelo Karam, “é humanamente impossível” manter os preços praticados em Curitiba. “Ou a gente acaba com a sonegação fiscal, a adulteração, ou quem recolhe impostos corretamente está fadado a quebrar”, sentenciou. Segundo ele, custos como impostos estaduais e federais, álcool anidro e gasolina C não mudam. “O preço vem caindo não sei como. A única coisa que pode mudar é a margem (de lucro) do posto”, esclareceu . Segundo ele, o valor do litro da gasolina na distribuidora é de aproximadamente R$ 1,87 a R$ 1,89.