Foto: Arquivo
Brasil Telecom começa pelo Mato Grosso

A Brasil Telecom optou pelo Mato Grosso do Sul para iniciar o processo de migração de pulso para minuto das ligações locais de telefones fixo para fixo. O novo sistema de cobrança determinado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) começa a ser praticado a partir de 17 de abril e até o dia 10 de junho todo o processo vai estar concluído no estado, alcançando 374,5 mil terminais. As primeiras contas tarifadas em minutos, com vencimento em 4 de junho, devem chegar aos clientes ao final de maio.

A mudança no sistema de cobrança é uma evolução na prestação do serviço local, já que vai permitir a oferta de diversas modalidades de planos alternativos de acordo com o perfil mais adequado aos clientes. ?A Brasil Telecom vem trabalhando na digitalização das redes centrais e na implantação dos novos sistemas de bilhetagem de chamadas nos últimos dois anos, período em que estão sendo investidos mais de R$ 200 milhões em toda a planta da empresa?, informou o diretor de Produtos e Serviços da Brasil Telecom, Eugênio Pimenta.

Nos demais estados atendidos pela Brasil Telecom (Acre, Rondônia, Mato Grosso, Tocantins, Goiás, Distrito Federal, Paraná, Santa Cataria e Rio Grande do Sul) a tarifação em minutos começa a partir de 6 de julho e até o dia 30 do mês estará concluída. As primeiras contas em minutos têm vencimentos programados a partir do dia 24 de agosto e devem chegar aos clientes da primeira quinzena de agosto em diante.

?O processo de conversão representa uma evolução na qualidade dos serviços fixos locais a partir de agora, já que permite que o cliente possa optar por outros planos e acompanhar e controlar com mais rigor o uso do telefone?, explicou Pimenta citando, como exemplo,o detalhamento das contas. Segundo ele, o detalhamento serve para controlar os gastos mas, também para ajudar a identificar melhor o perfil de uso de cada cliente e a necessidade de mudar para o plano mais adequado ao seu perfil.