A taxa de desemprego do Reino Unido permaneceu em 5,5% nos três meses até abril, inalterada em relação ao resultado dos três meses até março, segundo dados publicados hoje pelo governo britânico. O desemprego no país, que veio em linha com a expectativa dos analistas, continuou no nível mais baixo desde o período de três meses encerrado em agosto de 2008.

Apesar da estabilidade da taxa, o número de desempregados recuou 43 mil nos três meses até abril.

Já os ganhos totais dos trabalhadores, que incluem o pagamento de bônus, aumentaram 2,7% nos três meses encerrados em abril em relação ao mesmo período do ano passado, superando a previsão de alta de 2,1%. Sem os bônus, os ganhos também subiram 2,7% na mesma comparação, ultrapassando a expectativa de acréscimo de 2,5% e avançando no ritmo mais forte desde fevereiro de 2009. Fontes: Dow Jones Newswires.