Brasília  – Técnicos do Fundo Monetário Internacional (FMI) já estão chegando ao Brasil para a segunda revisão do acordo assinado com o País no ano passado. Alguns deles já estão em São Paulo, mas a agenda não foi divulgada. A assessoria do FMI, em Washington, informou que a agenda do chefe da missão, Charles Collyns, começa na próxima segunda-feira. Collyns espera terminar em uma semana os trabalhos da revisão.

A agenda de trabalho da missão ficará concentrada em reuniões com representantes do governo em Brasília.

Segundo o FMI, nessa revisão deverá se discutir apenas em termos gerais o projeto piloto para a retirada dos investimentos em infra-estrutura do cálculo do superávit primário das contas públicas.

O FMI, porém, não espera que qualquer mudança possa ser utilizada dentro do programa atual do Brasil, que termina no início de 2005. Um outro grupo técnico do Departamento de Assuntos Fiscais do FMI virá ao Brasil posteriormente para negociar os detalhes do projeto piloto.