Londres (AE) – Uma testemunha da morte de Jean Charles de Menezes, a jornalista Sue Thomason, disse que a comissão independente que investiga o caso (IPCC, na sigla em inglês) mostrou falhas graves ao entrevistá-la sobre o incidente.

O jornal The Guardian informou que, segundo Thomason, policiais armados dispararam durante mais de trinta segundos, com intervalos de cerca de três segundos entre cada tiro. Menezes foi alvejado na estação de metrô de Stockwell por oito tiros, sete deles na cabeça.

A jornalista afirmou que os dois investigadores da IPCC que a entrevistaram portavam um mapa da estação de Stockwell contendo vários erros básicos sobre o local. Isso, segundo ela, fez com que os investigadores questionassem erroneamente o seu depoimento. ?Se as pessoas investigando um assunto tão importante não conseguem nem mesmo obter um mapa da estação para as testemunhas apontarem onde elas estavam, então qual a chance que o resto do caso tem??, criticou Thomason num e-mail endereçado à IPCC.

Ela disse também que um detalhe importante sobre o número de tiros e dos intervalos entre eles não foi incluído no texto final de seu depoimento até que ela insistiu no assunto.

O depoimento de Thomason à IPCC, obtido pelo Guardian, ganha relevância pois ela informou corretamente que onze tiros haviam sido disparados contra o brasileiro.

Quando ela prestou o depoimento, essa informação ainda não havia sido divulgada. ?Os tiros foram igualmente espaçados por cerca de três segundos, para os primeiros tiros, e depois houve um intervalo um pouco maior, e após isso novamente espaços regulares?, disse Thomason aos investigadores.

A jornalista estava lendo um livro dentro de um vagão do metrô no dia 22 de julho. ?Eu me lembro de gritos, era uma voz masculina, ela pode ter vindo de mais de um homem. As pessoas então começaram a se levantar dos assentos e olhar para a direção de onde esses gritos vinham?, disse. ?Eu me lembro de ter ouvido tiros…Eles estavam vindo do vagão que estava à minha esquerda…Pensei que eram terroristas disparando na multidão…Deixei o vagão.? Thomason disse que quando estava se dirigindo para a escada rolante, ouviu mais disparos. ?Eu pensei que eu seria alvejada pelas costas, na metade da escada olhei para trás e ouvi mais dois disparos?, afirmou. ?Eu diria que houve dez ou onze disparos.?