Por R$ 91,5 milhões, estão à venda os dois prédios da Companhia Energética de São Paulo (Cesp) na Avenida Paulista. Em 1987, as torres foram atingidas por um dos maiores incêndios da cidade, que demorou um dia para ser debelado. Os prédios estão vazios desde então.

Localizado em cima do Shopping Center 3, próximo da Rua Augusta, os imóveis são, provavelmente, uma das últimas grandes áreas ociosas na avenida. Não é a primeira vez que a Cesp tenta vendê-los, mas nunca encontrou interessados. O imóvel tem 19.960 m² de área útil e 44.567 m² de área construída. Está dividido em duas torres interligadas por um bloco central. O edifício sede I tem 18 andares e o II, 20. Além de quatro subsolos para garagens, os prédios têm quatro pisos com entradas pela Avenida Paulista e pelas ruas Luís Coelho e Augusta.

Embora estejam indo a leilão, marcado para 5 de maio, os prédios não estão totalmente prontos. Quem comprá-los terá de gastar cerca de R$ 58 milhões para terminá-los, segundo a própria Cesp. Só em acabamento, arquitetura e impermeabilização, os gastos deveram girar em torno de R$ 16 milhões. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.