A Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia, elevou nesta terça-feira sua projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha em 2013, a 0,5%, de 0,4% anteriormente. Para 2014, no entanto, a previsão de alta do PIB alemão foi reduzida para 1,7%, de 1,8% anteriormente.

Em relatório divulgado hoje, a comissão atribui a revisão do ano que vem à expectativa de que as exportações crescerão um pouco mais devagar “nos próximos trimestres, em função da desaceleração da atividade econômica em países que não pertencem à União Europeia e de uma taxa de câmbio ligeiramente mais desfavorável do que se pressupunha antes”.

Em relação à inflação da Alemanha, a comissão prevê que os preços aos consumidores subirão 1,7% em 2013 e 2014 e avançar a um ritmo mais fraco de 1,6% em 2015. A meta de inflação do Banco Central Europeu (BCE) para a zona do euro é um pouco abaixo de 2%.

Sobre finanças públicas, a comissão espera que o orçamento alemão fique equilibrado e que o balanço estrutural mostre um pequeno superávit no período previsível, resultando em queda da relação dívida bruta/PIB do país. Fonte: Market News International.