A Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia, previu hoje que a França não vai conseguir cumprir suas metas para as finanças públicas e emprego.

Em relatório trimestral, a comissão prevê que o déficit fiscal do país cairá para apenas 3,7% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2015, de 4,1% este ano, se o governo não adotar novas medidas.

Por causa da fraqueza da economia francesa, a comissão já concedeu a Paris um prazo adicional de dois anos, até 2015, para reduzir seu déficit a 3%, como exigido pela UE.

A comissão também prevê que a taxa de desemprego na França subirá de 11% este ano para 11,2% em 2014 e 11,3% em 2015. Os efeitos positivos de mudanças que estão sendo feitas na legislação trabalhista só deverão aparecer a partir de 2015, segundo a comissão.

Para o PIB francês, a comissão prevê crescimento modesto de 0,2% em 2013, expansão de 0,9% em 2014 e alta de 1,7% em 2015. Fonte: Dow Jones Newswires.