As vendas no varejo nos 16 países que usam o euro ficaram estáveis em dezembro do ano passado na comparação com novembro e caíram 1,6% em relação a dezembro de 2008, como informou a Eurostat. Os números indicam que, com o desemprego crescente, os gastos dos consumidores ainda precisam ter suporte para o crescimento.

A estabilização das vendas ante novembro foi inesperada. Economistas projetavam crescimento de 0,4% nas vendas em dezembro ante novembro. O dado de novembro foi levemente revisado e agora mostra que as vendas recuaram 0,5% ante outubro. Originalmente, a Eurostat havia informado queda de 1,2%.

As vendas de alimentos e bebidas subiram 0,3% em dezembro, em comparação com novembro, e 0,1% ante dezembro de 2008. Já as vendas de produtos não alimentícios declinaram 0,2% no mês e 2,2% no ano. Nos 27 países membros da União Europeia, as vendas caíram 0,1% no mês e 1,0% no ano. As informações são da Dow Jones.