As vendas domésticas de papéis produzidos pela indústria brasileira movimentaram 463 mil toneladas em janeiro, 0,2% acima do mesmo período de 2013, de acordo com dados preliminares divulgados nesta segunda-feira, 10, pela Associação Brasileira de Celulose e Papel (Bracelpa). Acompanhando o aumento da demanda, a produção cresceu 0,1% em igual base comparativa, a 874 mil toneladas.

O mês de janeiro também marcou uma expansão de 0,6% das exportações de papéis, as quais movimentaram 167 mil toneladas. A receita da indústria brasileira com as vendas externas totalizou US$ 172 milhões, retração de 1,7% ante janeiro de 2013. A queda foi puxada principalmente pelas vendas à América Latina, principal mercado da indústria nacional, as quais encolheram 7,3%, para 89 mil toneladas.

Na outra ponta da balança comercial, as importações encolheram 1,9%, para 104 mil toneladas em janeiro. Foram movimentados US$ 125 milhões com compras externas no primeiro mês do ano, montante 1,6% superior ao negociado em janeiro de 2013.

A menor importação contribuiu para uma queda de 0,2% no indicador de consumo aparente de papéis, indicador que melhor dimensiona a demanda doméstica. O consumo aparente totalizou 811 mil toneladas em janeiro.