As vendas de papelão ondulado no mercado doméstico alcançaram 244.343 toneladas em fevereiro, segundo dados preliminares divulgados hoje pela Associação Brasileira do Papelão Ondulado (ABPO). O montante representa uma expansão de 0,98% em relação a fevereiro do ano passado, mas é 1,56% inferior ao registrado em janeiro deste ano. A queda em fevereiro, na comparação com janeiro, é sazonal e explicada pelo carnaval.

No acumulado do primeiro bimestre, o indicador de vendas do setor teve alta de 1,40% ante o mesmo período de 2011, para 492.550 toneladas. O resultado de fevereiro, assim como o do primeiro bimestre do ano, representa novo recorde do setor para os períodos analisados.

No início deste mês, em entrevista à Agência Estado, o presidente da ABPO, Ricardo Trombini, afirmou que as vendas do setor devem crescer entre 2,5% e 3% em 2012, na comparação com o ano passado. A expectativa do executivo é de que a demanda apresente aceleração ao longo do ano. Em 2011, as vendas de papelão somaram 3.217.911 toneladas do produto.