Foto: Chuniti Kawamura

Crédito está facilitando a venda de automóveis.

As vendas de veículos cresceram 29,93% nos primeiros quatro meses deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados são da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), que informou que foram comercializados 1.548.519 veículos entre janeiro e abril deste ano, ante 1.191.814 unidades no mesmo intervalo de 2007.

Os números incluem a venda de automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros (como carretinhas para transporte de motos). Apenas no mês de abril, houve a venda de 444.604 veículos, o que mostra alta de 13,83% sobre o volume de vendas de março deste ano e de 41,87% sobre abril do ano passado.

Na análise do quadrimestre, o destaque de vendas ficou com o segmento de automóveis e comerciais leves, com alta de 35,61%. Foram vendidas 866.463 unidades nesta categoria no acumulado do ano até abril, contra 638.927 unidades no mesmo período do ano anterior, registrando aumento de 35,61%. Na comparação entre março e abril, a alta foi de 12,65%, atingindo 248.945 veículos.

As vendas de caminhões no varejo apresentaram evolução de 32,96% na comparação dos primeiros quatro meses deste ano com o mesmo período de 2007, somando 36.870 unidades. De março para abril, o setor de caminhões cresceu 16,40%, passando de 9.552 unidades para 11.119 veículos.

O segmento de ônibus registrou alta de 19,76% na comparação do acumulado do ano. Foram vendidas 7.025 unidades de janeiro a abril deste ano, ante 5.866 ônibus em igual intervalo de 2007. Comparando março com abril, as vendas de ônibus subiram de 1.706 unidades para 2.131 unidades, um crescimento de 24,91%.

O segmento de motos alcançou crescimento de 22,94% comparando o primeiro quadrimestre de 2008 com o mesmo período do ano anterior, saltando de 495.754 unidades para 609.464. Na comparação entre março e abril, o aumento foi de 14,97%. Foram vendidas 173.736 unidades, contra 151.109 unidades.

Paraná

A Fenabrave no Paraná ainda não tem dados regionalizados sobre as vendas de veículos. A informação só estará disponível na semana que vem. Entretanto, as revendas comemoram os bons resultados. André Luís de Oliveira, que trabalha no setor de vendas da Barigüi Veículos, em Curitiba (que vende carros da Fiat) diz que as facilidades no financiamento estão contribuindo com a melhoria no setor. Ele conta que 70% das vendas na Barigüi são financiadas. ?Com os financiamentos passamos a atingir um público que não atingíamos antes, aqueles que têm renda de cerca de R$ 1.500 por mês?, disse. Só neste mês, a Barigüi vendeu 1.500 veículos. ?Para a economia é ótimo. Mas por outro lado vemos ruas abarrotadas de carros, o que causa congestionamentos?, comentou.