São Paulo (ABr) – As exportações brasileiras de carne de frango cresceram em volume e faturamento, em janeiro último, em relação a janeiro de 2004, segundo o balanço divulgado ontem pela Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frango (Abef).

De acordo com a entidade, o faturamento das exportações do setor alcançaram US$ 199 milhões em janeiro contra US$ 164 milhões no mesmo mês de 2004, um aumento de 20,53%. O volume exportado subiu de 161 mil toneladas para 187 mil toneladas (+16,6%) O Japão e a Arábia Saudita continuam sendo os principais compradores e, só em janeiro, importaram US$ 39 milhões e US$ 33 milhões, respectivamente.

Segundo a assessoria de imprensa da Abef, as receitas estão crescendo mais que os volumes porque há aumento no preço de mercado. Tanto preço quanto os volumes vendidos deverão continuar subindo em razão da abertura de mercado na China e do fim do embargo da Rússia à carne de frango, anunciado no último dia 7. O embargo tinha como alegação um caso de febre aftosa no Pará, embora a doença seja exclusivamente bovina.

A assessoria da associação informou ainda que ?a maior preocupação do setor continua sendo a forte valorização do real. O antídoto para enfrentar esta situação é a manutenção da política de preço e a venda em moedas fortalecidas como o euro, yen e até mesmo o real, nas operações com países da América do Sul?.