Impulsionadas pela melhora da economia, as vendas de automóveis nos EUA aumentaram substancialmente em março, com o volume de vendas da Ford superando o número de carros comercializados pela General Motors pela segunda vez em quase três anos.

A Ford afirmou que suas vendas aumentaram 19% no mês passado, para 212.295 unidades, de 178.546 veículos comercializados no mesmo período de 2010, superando pela segunda vez desde 1998 o volume total vendido pela General Motors em um mês. Em comparação com fevereiro, as vendas da montadora subiram 36%.

As vendas da GM subiram 10% em março, para 206.621 carros e caminhões leves, de 188.546 no mesmo período do ano passado. A montadora desacelerou as vendas porque os incentivos concedidos no início do ano foram retirados no mês passado. Em relação a fevereiro, as vendas recuaram 0,2%.

A Chrysler reportou vendas de 121.730 carros e caminhões leves em março, um aumento de 31% em comparação com os 92.623 veículos comercializados no mesmo período do ano passado. Em comparação com fevereiro, as vendas subiram 28%. A companhia afirmou que março foi o melhor mês para as suas vendas desde maio de 2008, e o melhor março em três anos.

A Nissan vendeu 121.141 novos veículos em março, uma alta de 27% em comparação com o mesmo mês do ano passado, graças a pesados incentivos. O volume de veículos comercializados foi o maior já apresentado pela montadora nos EUA. A companhia tem oferecido um programa substancial de pagamentos de bônus para concessionárias que elevarem as vendas.

A Hyundai Motor reportou também que março foi o melhor mês para o comércio de veículos da montadora nos EUA, com as vendas subindo 32%, para 61.873 veículos, em relação a igual período de 2010. Na comparação mensal, as vendas apresentaram elevação de 42%.

As vendas da Honda avançaram 23% em março, para 133.650 veículos, de 108.262 no mesmo período do ano passado. Em relação a fevereiro, as vendas da montadora subiram 36%. As informações são da Dow Jones.