O faturamento nominal da indústria de máquinas subiu 10,6% em junho ante maio, para R$ 5,58 bilhões, segundo dados divulgados hoje pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). Em relação a junho de 2008, o resultado representa uma queda de 17,2%. No primeiro semestre deste ano o setor faturou R$ 29,31 bilhões, um recuo de 19,4% ante o mesmo período de 2008.

As exportações da indústria de máquinas somaram US$ 672 milhões em junho, um crescimento de 17,8% ante maio e um recuo de 27,4% em relação a junho de 2008. No semestre as exportações totalizaram US$ 3,797 bilhões, uma queda de 29,2% na comparação com os seis primeiros meses de 2008. As importações chegaram a US$ 1,375 bilhão, o que significou uma retração de 5,7% ante maio e de 29% ante junho de 2008. No primeiro semestre, as importações totalizaram US$ 9,292 bilhões, queda de 7,1% em relação ao mesmo período do ano passado.

O saldo da balança comercial por setor ficou negativo em US$ 5,495 bilhões no semestre, um crescimento de 18,6% sobre o déficit dos seis primeiros meses de 2008.

O nível de emprego na indústria de máquinas e equipamentos caiu 0,3% em junho ante maio. Foi o oitavo mês consecutivo de demissões no setor.