As vendas do comércio varejista no Brasil fecharam 2010 com alta de 10,9%, informou hoje o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Este é o melhor resultado desde 2001. Em 2009, de acordo com os dados do instituto, a alta acumulada havia sido de 5,9%.

Em dezembro, as vendas ficaram estáveis em relação a novembro. O resultado mensal veio no piso do intervalo das estimativas dos analistas, que esperavam de estabilidade a um aumento de 1,80%. A mediana das previsões estava em alta de 0,30%. Na comparação com dezembro de 2009, as vendas do varejo subiram 10,1% em dezembro do ano passado. Neste caso, as projeções variavam de 9,10% a 13,50%, com mediana de 11%. O índice de média móvel trimestral das vendas do comércio varejista subiu 0,28% no trimestre encerrado em dezembro, ante o terminado em novembro, segundo o IBGE.

Receita nominal

A receita nominal das vendas do comércio varejista subiu 1,0% em dezembro ante novembro. Na comparação com dezembro de 2009, a receita nominal das vendas do comércio cresceu 15,6% em dezembro do ano passado. O IBGE informou ainda que, com o resultado de dezembro, a receita nominal encerrou o ano de 2010 em alta de 14,5% em relação a 2009.