As vendas reais nos supermercados cresceram 3,84% em janeiro na comparação ao mesmo mês do ano passado, divulgou hoje a Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Em relação ao mês de dezembro, principal período de vendas do setor, o faturamento dos supermercados recuou, sem ajuste sazonal, 19,36%. Os dados estão deflacionados pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Segundo o comunicado da Abras, o setor supermercadista começa o ano com um ritmo de crescimento no mesmo patamar verificado em 2011. A entidade destaca que a queda das vendas em janeiro em relação a dezembro já era esperada em razão das festas de final de ano, já que o mês de dezembro é o mais forte em termos de vendas.

Preços

O valor da cesta AbrasMercado, formada por 35 produtos considerados de largo consumo, como alimentos, limpeza e beleza, medido pela GfK, apresentou queda de 0,55% nos preços em janeiro em relação a dezembro do ano passado, para R$ 316,88. Na comparação com janeiro de 2011, o valor da cesta subiu de 4,25%.

Os produtos com maiores quedas em janeiro na comparação com dezembro foram leite em pó integral (-3,27%), frango congelado (-2,62%) e leite longa vida (-2,48%). Já as maiores altas ficaram com tomate (+9,97%), cebola (+8,85%) e feijão (+6,23%).