O ministro do Petróleo da Venezuela, Rafael Ramirez, afirmou hoje que o país manterá o nível de produção de petróleo em 3 milhões de barris por dia em 2012. Falando durante uma apresentação ao comitê de finanças da Assembleia Nacional, Ramirez também justificou o preço base de US$ 50 por barril determinado pelo governo para o orçamento do próximo ano. “É uma estimativa prudente”, disse Ramirez, citando fortes quedas nos preços do petróleo durante o pico da crise econômica global de 2008, o que levou a uma contração da economia venezuelana em 2009 e 2010.

Alguns analistas dizem, entretanto, que o referencial baixo em geral não consegue cobrir os gastos do governo, o que permite que o presidente Hugo Chávez compense o déficit com uma série de fundos extra orçamento controlados pelo Executivo, e que não estão sujeitos à supervisão parlamentar. As informações são da Dow Jones.