Os formuladores de políticas da Europa precisam fazer mais para garantir a recuperação econômica da região, disse o vice-ministro de Finanças, Zhu Guangyao, a repórteres.

Às margens do Congresso Nacional do Povo, Zhu disse que o governo chinês está preocupado com as incertezas nas recuperações econômicas dos EUA e da Europa. “Atualmente, o momentum da recuperação econômica mundial é fraco. Nós estamos preocupados que a recuperação nos EUA e na Europa possa ser revertida”, disse. “Nós não achamos que as atuais políticas de recuperação na Europa são suficientes.”

O vice-ministro afirmou que a redução gradual nos estímulos do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) à economia não deve trazer um grande impacto sobre a taxa de câmbio da China e ressaltou que Pequim e Washington mantêm uma boa comunicação sobre questões de políticas econômicas. Fonte: Market News International.