São Paulo

– A Volkswagen e a General Motors (G) divulgaram ontem reajustes de 3,5% e 3,4%, respectivamente, para os modelos das marcas. As duas empresas repassaram aos preços o aumento de 3 pontos porcentuais do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) – que no dia 1.º voltou a ser cobrado integralmente – e aproveitaram para incluir pelo menos meio ponto de repasse de custos com a alta de matérias-primas.

O mesmo foi feito pela Fiat ontem, que anunciou reajustes médios de 3,5%.

No caso da Volks, o reajuste é linear e vale para todos os modelos, com exceção da Kombi Furgão, que teve o preço mantido. Na GM, o índice de 3,4% é médio e pode ter variação de acordo com o modelo.

Ford, Citroën e Honda repassaram apenas a diferença do IPI, que estava reduzido desde agosto para os modelos com motor até 2.0.