O governo sancionou, com 23 vetos, a Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2006. A sanção e os vetos foram publicados em edição extra do Diário Oficial da União, com data de ontem. Entre os vetos estão o dispositivo que propunha o reajuste do servidor público com base no PIB per capita; o que limitava os gastos do Executivo com despesas de cargos em comissão; o que impedia o contingenciamento de emendas parlamentares e o que determinava a introdução da cobertura do déficit das operações do seguro rural no Orçamento da União.

O governo também acatou manifestação do Ministério da Saúde, contra um dispositivo na LDO, que transferia do Ministério da Educação para o da Saúde a cobertura dos gastos dos hospitais universitários.