Elano voltou a sentir dores no tornozelo nesta terça-feira e deixou um treino físico antes do seu término, causando preocupação entre os membros da comissão técnica a três dias do jogo contra a Holanda pelas quartas de final da Copa do Mundo.

Um dia após a classificação para as quartas de final da Copa do Mundo, os jogadores brasileiros fizeram um trabalho de regeneração muscular no Hotel Fairway e apenas aqueles que não iniciaram a partida contra o Chile participaram de uma atividade física no Randpark Golf Club, incluindo Elano, que no entanto abandonou o treino e voltou a ser dúvida para o confronto contra os holandeses.

Dos jogadores lesionados da seleção e que ficaram de fora da vitória de 3-0 sobre o Chile, Elano, Felipe Melo e Julio Baptista, apenas o primeiro participou dos exercícios, sob o comando do preparador físico Paulo Paixão, mas mesmo assim o volante abandonou a prática, visivelmente consternado e balançando a cabeça, com dores no tornozelo direito.

Elano voltou a pé para o hotel da seleção, o Fairway, que fica ao lado do clube de golfe, após uma conversa com o médico José Luiz Runco.

Runco chegou a afirmar na noite de segunda-feira que Elano, autor de dois gols na Copa, provavelmente enfrentaria a Holanda, na próxima sexta-feira em Port Elizabeth pelas quartas de final da Copa, mas ao que tudo indica o jogador ainda sente muitas dores no tornozelo, que foi atingido pelo marfinense Tiote no segundo jogo do Brasil na Copa e obrigou o camisa 7 a deixar o campo de maca.

Depois disso, Elano ficou de fora do 0-0 contra Portugal e da vitória sobre o Chile (3-0). Antes dos dois jogos, a comissão técnica da seleção deu a entender que o volante entraria em campo, mas nos dois casos o jogador assistiu às partidas do banco de reservas.

A situação de Felipe Melo é ainda mais preocupante. O jogador, que sofreu uma torção no tornozelo esquerdo na partida contra Portugal, tem apenas 40% de chances de enfrentar os holandeses na sexta-feira, de acordo com Runco.

Nem Felipe Melo, nem o reserva Julio Baptista, atingido no joelho esquerdo na partida contra os portugueses, participaram da atividade desta terça-feira.

Para o lugar de Elano, o técnico Dunga pode contar com Daniel Alves, mas para a função de Felipe Melo o problema é maior: Ramires, que jogou contra os chilenos, recebeu o segundo cartão amarelo e está suspenso.

As opções do treinador da seleção passam a ser, então, Josué ou Kleberson.

Na quarta-feira, o Brasil treina à tarde no Saint Sthithians College, no bairro de Sandton, zona norte de Johannesburgo, e viaja à noite para Port Elizabeth, onde enfrenta a Holanda no estádio Nelson Mandela Bay às 16h (11h de Brasília) de sexta-feira.