A Embraer anunciou neste domingo (17) a encomenda de seis jatos Embraer 170 pela EgyptAir Holding Company, com opção de compra de outras seis aeronaves do mesmo modelo. Os aviões serão operados pela EgyptAir Express, recém-criada subsidiária da EgyptAir. A primeira unidade deverá ser entregue em abril de 2007, mesmo ano do 75º aniversário da companhia egípcia. O valor do negócio não foi divulgado.

Segundo a fabricante, o avião será configurado em classe única e acomodará 76 passageiros em assentos revestidos em couro. "Nós nos orgulhamos pela escolha do produto que melhor atendesse as nossas necessidades. De fato, após um exame técnico criterioso, o Embraer 170 se destacou como a aeronave certa para ajudar no lançamento da nossa nova subsidiária EgyptAir Express", disse o chairman da EgyptAir Holding, Atef Abdul Hamid, segundo comunicado divulgado pela empresa brasileira.

Ainda de acordo com o comunicado, as operações com o Embraer 170 cobrirão destinos primários e secundários, integrando-os dentro do mercado egípcio doméstico e regional. "A rigorosa avaliação técnica e operacional conduzida pela empresa para a escolha do Embraer 170 torna a seleção ainda mais satisfatória para a Embraer", disse o vice-presidente executivo da fabricante brasileira, Frederico Fleury Curado.