O Paraná fechou o mês de março como a principal influência positiva em emprego industrial, segundo a Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário, divulgada hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O Estado registrou crescimento de 4,9% no número de empregos na indústria em março, em relação ao mesmo período do ano passado, enquanto o Brasil apresentou estabilidade. Os setores que puxaram a alta no Paraná foram madeira (17,7%), vestuário (16,5%), alimentos e bebidas (5,8%) e máquinas e equipamentos (16,7%). Em relação a fevereiro, o País teve redução de 0,5% nos postos de trabalho. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)