O país mantêm a tendência de crescimento nos empregos formais. Dados do Ministério do Trabalho indicam que, no mês de julho, foram criados 202 mil novos postos, com crescimento de 0,83% em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com o ministro do Trabalho, Ricardo Berzoini, o governo mantém a meta de criar 1,8 milhão empregos até o final do ano. Até agora, os novos empregos com carteira assinada chegam a 1 milhão 236 mil.