Para não sofrer multas por desrespeito à lei Cidade Limpa, que proíbe outdoors na capital paulista, a empresa MCM3/MPP fez um acordo com a Prefeitura: vai retirar, com equipe própria, as 140 peças publicitárias que possui na cidade em 30 dias.

O proprietário da MCM3, Márcio César Maia, comunicou ontem sua intenção de retirar os outdoors ao prefeito Gilberto Kassab (PFL), que participou da retirada de um painel pertencente à empresa na Avenida Juscelino Kubitschek, no Itaim-Bibi, zona sul. "Como teremos de cumprir mesmo a lei, pelo menos podemos ficar com a estrutura metálica dos painéis", disse Maia. "Ele mostrou espírito público", disse Kassab.

Com o acordo, a empresa também não precisará pagar para retirar o material recolhido pela Secretaria de Coordenação de Subprefeituras. Os outdoors em São Paulo representam 80% do faturamento da MCM3. "Infelizmente, já penso em mudar de ramo", disse o dono da empresa.